08 abril 2011

O que está acontecendo com nossas crianças?


Opa, e aí Pimentas, como vão?

Ainda ontem eu estava relembrando minha infância enquanto conversava com uma pessoa querida. Lembrei de como eu brincava de carrinhos, de esconde-esconde, assistia Vovó Mafalda (sim, eu sou desse tempo!) e de que até meus 13 anos a palavra "sexo" ainda não havia sido pronunciada pelos meus inocentes lábios. 

Aí hoje abro a internet e me deparo com essa reportagem, de uma afiliada da TV Record no Espírito Santo:


Sim, meninas de 12, 13 anos dançando funk na sala de aula simulando sexo com moleques que nao deviam ter mais que 13 anos, também. Dentro da sala de aula.

Lembrei da conversa que tive ontem e uma coisa me veio na cabeça: o que está acontecendo com nossas crianças? O que se pode esperar das sociedades futuras, quando eu tiver meus 80, 90 anos (sim, quero estar vivo e cheio de saúde ate lá) e ver a geração futura me substituindo? Quem vai me substituir?

Quando olho as escolas públicas, os perfis no Orkut de certos moleques que não tem nem peso corporal pra aguentar um vento forte mas gostam de se comportar como "pegadores" eu tenho medo do futuro. Sério, gente, não é sensacionalismo barato, não. Quem serão os futuros políticos, empresários, colegas dos nossos filhos, enfim, as pessoas que vão tocar esse mundo? Será que os futuros "papais e mamães" já pararam pra pensar nisso?

Se não souber a resposta a essa pergunta, leia o que eu escrevi nesse post e pense duas vezes antes de transar sem camisinha.

3 comentários:

  1. Pais relapsos, filhos mimados. A dúvida é deixar um planeta melhor para nossos filhos ou filhos melhores para o planeta?" .

    ResponderExcluir
  2. é por essas e outras que a cada dia fica mais forte a ideia de não ter filhos.

    do jeito que vai essa geração, a coisa vai ser muuuito ruim no futuro.

    acho que o caminho mais seguro pra se ter um mundo melhor para os filhos é, primeiro, colocar filhos melhores no mundo!!

    ResponderExcluir
  3. A culpa é das crianças ou dos pais?

    ResponderExcluir

Apimente você também

Artigos recentes