08 abril 2010

POLÊMICA: Guilherme de Pádua, Ratinho, Glória Perez, Chico Xavier, etc...


Amigos do Pimentas...

Hoje o assassino da Daniela Perez, filha da dramaturga Glória Perez foi dar entrevista no programa do Ratinho.

Muita gente linxando o Guilherme de Pádua no twitter, em blogs, etc.

Ele matou, foi setenciado e cumpriu sua pena. Usou de todas as prerrogativas da lei Brasileira e foi solto. Pra quê linxá-lo?

É evidente que o Ratinho abriu espaço pra ele pra ganhar audiência. Mas, agora vão linxar o Ratinho, com o discurso de "dar espaço pra bandido"?  Cadê aquele discurso de reinserção dos presos na sociedade?

Não gosto de julgar ninguém, mas tem muita gente que gosta.

Culpem a legislação Brasileira por suas prerrogativas, por não ter pena perpétua, por não ter pena de morte. Escolham melhor os políticos, para que mudem a legislação.

Queria ver toda essa comoção diante da morte da filha da catadora de lixo, do garí, do filho do pedreiro, do mensalão, da compra de votos, da campanha antecipada com dinheiro público...

Gostaria de relembrar aqui com vocês o pedido que Chico Xavier fez a Glória Perez:


Viu qual foi o comprometimento dela?  O de não permitir o linxamento do assassino de sua filha. Agora, dê uma passadinha no canal de Glória Perez no Youtube.

Não estou colocando em jogo aqui a dor da mãe que perdeu uma filha. Não estou na pele dela, muito menos consigo me colocar no lugar dela. Quero apenas falar pra termos cuidado com nossas palavras e confiarmos no julgamento de Deus, pois se a justiça dos homens não foi suficiente, acreditem: a de Deus não falha nunca!

Já fui!

7 comentários:

  1. Nõ costumo comentar em blogs, mesmo visitando vários dos mesmos, hoje coloquei no Programa do Ratinho e tive nojo do que ví, não vou julgar o Guilherme, nem a Paula, nem niguém, não cabe esse jugamento, mas sei que o que a justiça decretou à eles, os mesmos cumpriram, não vou dizer que gostei do que ví, mas acho que ele tem direito de resposta, mas que escreva um livro, que "venda" sua história a uma revista, mas não que diminua ainda mais o valor da Tv aberta brasileira que fica cada dia "menor", espero que a Justiça seja feita e que as pessoas que cumpriram suas penas sejão respeitadas, não idolatradas, ou sei lá, nada de esquecer o que eles fizeram, apenas respeite-os

    ResponderExcluir
  2. Minha pergunta é: Pra que ver o programa do ratinho?
    Vai me dizer que não tem nada melhor pra assitir na TV, ótimo, então vai ouvir música ou ler um livro, jornal, um gibi.
    Que tal ocupar o tempo com coisas que acrescentem algo na vida?
    Minha vó diria que esse assunto é como chutar cachorro morto. (Nunca chute cachorro nenhum é só uma expressão heim!).
    Águas passadas, o sofrimento da mãe é eterno, nossa solidariedade a ela também, mas deixa o cara viver a vida que o nosso judiciário permitiu e pronto.

    ResponderExcluir
  3. Olá querida Glaucia, tudo bem?
    Eu gosto de ver tudo, sabe? Acho importante saber do que acontece, do que tá dando audiência, do que as pessoas tão comentando... enfim, tudo serve de laboratório pra conhecer mais dos gostos, das opiniões, das preferências do pessoal.
    Pra que fui escolher essa profissão, não é mesmo? Podia ser um ser humano normal, cursar profissões que poderiam me dar dinheiro e sossego mental... kkkk

    É importante beber de todas as fontes... o ruim é quando estas fontes de "baixa exigência mental" se tornam as únicas fontes de informação, aí sim é preocupante. rsrsrs

    Valeu pela visita, querida!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho o seguinte:
    TV é igual refrigerante ou cerveja. A gente não precisa, mas curte. A gente não fica sem, mesmo sabendo que poderia. E é legal experimentar o que o mercado oferece, selecionando o que nos agrada. O Ratinho é assim. E de vez em quando recebe nossa visita.

    Desta vez, graças a Deus eu assisti. Ver comercial de Cogumelo do sol é barato. Ver aquele Xaropinho é barato. Mas ver o cara prometer a entrevista do século e fazer o Ratinho de otário em rede nacional não tem preço!

    ResponderExcluir
  5. Pois Dom André, mas, enrolando o Ratinho ou não, a audiência foi lá em cima.

    Pra eles o que vale é audiência, né não?

    Achei que o Ratinho foi esperto no final. Recebendo o Guilherme lá ele desagradou muita gente, aí o que ele fez no final?

    Zoou o cara e disse que se fosse a Glória Perez também não o perdoaria.

    Valeu amigo!

    ResponderExcluir
  6. Vale lembrar que ele escreveu um livro que foi censurado, retirado das lojas! E foi processado pela senhora Glória Perez! Enfim...complicado pra ele contar sua história, sua versão, ou seja lá o que for. Já procurei por este livro na web,
    mas não o encontro! Tem outro livro,de autoria
    da esposa dele, mas este relata apenas o período
    de conversão dele ao evangelismo.
    Deve ser interessante para os que realmente se
    importam com a reinserção dos condenados.
    Não sou cristã, mas pretendo ler o livro em breve.

    Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir

Apimente você também

Artigos recentes