17 dezembro 2009

Ainda há esperança?



Bom dia Povo do Pimentas! Tudo na boa?

A Beth Nobrega, essa nossa leitora assíduo e muito inteligente, mandou ao Culturain-util um e-mail com a notícia de que a passadeira Creuza Clara da Silva, que mora em Vicente Pires, cidade próxima a Brasília, encontrou um envelope com R$ 4,5 mil e o entregou a polícia e deu a seguinte declaração:
“O meu é aquele que vem com o suor do meu rosto. Não quero o que não é meu”
Essa atitude dessa senhora, que já foi aprendida pelo filho mais velho, deveria ser transmitido a todos os cidadãos. Estas notícias deveriam ter uma repercussão muito maior, entretanto não têm. Esse é um fato que me entristece muito! Vejam bem, ela mora próximo a BRASÍLIA!

Embalado por est anotícia, fiz uma pesquisa no Google, com restrição de as notícias serem de, no máximo, 30 dias atrás e obtive 33600 resultados.Aí estão algumas das notícias:

Já estamos tão acostumado a roubalheira que ocorre na política, e elas são tantas, que acabamos por não ver estas notícias. O que vale é o famigerado "jeitinho brasileiro", aquela coisa bem Macunaíma de ser: Levar vantagem sempre que puder.




Uma coisa que os adeptos dessa filosofia nãopensam é: Pra que seria utilizado este dinheiro?

Alguém me dirá que "achado não é roubado e quem perdeu foi relaxado". Ok, achado nãoé roubado mesmo, mas esse dinheiro poderia ser o de um tratamento médico, o auxílio a uma creche, o salário de uma pessoa. acredito eu que todos ficariam felizes por ter devolvidas as coisas que perdeu.



Mais uma vez me dirão: nesse mundo de desonestidade ninguém devolve nada. Então eu o remeto ao início do texto e acrescento: se ninguém começar a fazer esta roda girar ao contrário nada mudará.

Encerro este post com a frase: "Para conseguir algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez."

7 comentários:

  1. Excelente post pimentas!! Estará devidamente retwittado e blogado no Cultura! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Allan, muito obrigado pelo comentário!
    O apoio de vocês é que nos incentiva a escrever cada vez melhor porque sabemos do nível de vocês.
    Vocês são o nosso combustível!!
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  3. Preciso me manifestar aqui, porque apesar de tudo que a gente vê de ruim nesse mundo EU ACREDITO NAS PESSOAS! Sou utópica? Sim, essa sou eu. Jamais desistirei de ver um mundo melhor e mais justo. O caminho do bem é sempre o melhor caminho! Poderia citar várias frases aq, dessas que a gente sabe que são verdadeiras! Mas a minha preferida é "Mude você mesmo, que o mundo a sua volta muda". Ou seja, chega de jogar a responsabilidade nos outros (se o fulano faz eu tb posso), faça a SUA parte! Ninguém sofre ou se dá mal por ser honesto, isso eu garanto! Essas coisas merecem sim muito destaque Cesar, ainda bem que temos a internet. Porque se depender da mídia tradicional o medo e a violência continuarão sendo perpetuados. Ótimo post! Abraço

    ResponderExcluir
  4. Vanessa, partilhamos desse mesmo princípio!
    Se eu não acreditar que ainda há pessoas boas, de princípios, viverei isolado em uma bolha, com medo de tudo e de todos!!
    Realmente, se cada uma fizer a sua parte o mundo ficará melhor!
    Um grande abraços!

    ResponderExcluir
  5. César, querido, obrigada aí pelo elogio...

    E que dona Creuza possa servir como exemplo para muitas outras pessoas, né?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Afinal, de quem era o dinheiro?

    ResponderExcluir
  7. Ainda não se tem essa informação!!

    ResponderExcluir

Apimente você também

Artigos recentes