15 agosto 2009

4º Round, A Record contra-ataca: A Rede Globo é o demônio?



Pimenteiras e Pimenteiros de plantão!

Voltamos a postar no fim de semana, exepcionalmente pra falar mais uma vez da "polêmica da vez" entre as emissoras: Rede Globo e Rede Record.

Vocês já acompanharam aqui conosco os primeiros Round's (, e ), eis agora que começou o 4º round. Honestamente eu preferia que houvesse um nocaute rápido pra terminar com essa "papagaiada" toda, mas enquanto isto não acontece, continuemos com este "sambinha do criolo doido".

Concordo que a Rede Globo está dando cobertura completa e contundente pensando também em seus interesses comerciais, mas não concordo com a forma que a Record contra-ataca.


Agora a Record está usando o horário do "Fala que eu te escuto" para passar a madrugada toda "batendo na globo". Ela montou a "Vigília contra os ataques da Rede Globo". Mas Alvim, como é isso?

Ela, a Rede Record, está organizando cultos noturnos (pelo menos aparece "ao vivo" lá na TV), com várias pessoas dando testemunhos de como a IURD - Igreja Universal do Reino de Deus - ajudou a mudarem suas vidas. Ao final do testemunho, o pastor que está "entrevistando" pede um recado das pessoas para a Rede Globo, e estes normalmente são:

- "Na minha casa não existe mais Rede Globo";

- "É um absurdo o que estão falando da gente";

- "Bispo Macedo é um homem de Deus. Nós acreditamos nele";

- etc...
Amiguinhos e amiguinhas, não fiquem com raiva de mim, tá?
Vai dizer que esta caricatura não é, no mínimo, pertinente?

Pois é meus caros, ao invés de explicarem melhor a história e apresentar argumentos e provas de inocência do Bispo Edir Macedo, a Rede Record apelou apenas pro ataque a outra instituição que está divulgando o caso.


Em mais uma das suas, a Record anuncia que no programa "Repórter Record" deste domingo(16/08 - 20h30min) uma bomba contra a Rede Globo, mostrando a origem da emissora carioca e o comportamento da família Marinho. Promete que o jornalístico será uma versão atual do documentário “Muito além do Cidadao KANE“, produzido pela BBC em 1993.

Como eu disse acima, evidentemente que a Globo tá explorando este caso, visando também seus interesses estratégicos e comerciais, mas bem que a Record podia se usar de armas mais maduras e respeitosas, tanto com sua própria história, quando com seus fiéis e telespectadores.

Telespectador não é burro. Pena que não podemos dizer o mesmo de quem está lá dentro deste "microondas de mentes".

Já fui!

9 comentários:

  1. FALA QUE EU TE ESCUTO É UM PROGRAMA INDEPENDENTE OK. ENTÃO NÃO FOI A RECORD QUE FEZ A VIGILHA.

    ResponderExcluir
  2. Viva a Rede Globo - Rede Globo é 10 - Rede Globo é MARA......

    ResponderExcluir
  3. Anônimo 1: Ok. Caso ver o Papai Noel por aí, me avise por favor, ok? O coelhinho da páscoa tá louco procurando e não encontra!

    Anônimo 2: Nem tanto também, né?

    Obrigado pelas visitas!

    ResponderExcluir
  4. Texto perfeito, só não concordo com uma coisa. O que a rede record fez não foi um "Contra-ataque" foi "O ataque". Por o que a rede Globo incialmente fez que a record não fez, foi noticiar as denuncias feita no Ministério Publico que não Privado e no Ministério da justiça. mesmo que as investigações do MP e MJ sejam sigilosas as acusações não são. E Globo(Que não é boba e nem santa) e todas as redes que tem e adoram gritar aos quatro ventos o "seu" compromisso com a noticia fez foi Noticiar(com gosto diga-se de passagem).

    ResponderExcluir
  5. Faaaala cybertrovador,

    Valeu pela visita e pelo comentário, volte sempre!

    Pra Globo é muito vantajoso continuar falando deste caso... e pra Record também é vantajoso aproveitar todo este caso pra "descer o cacete" na emissora carioca. Concordo com vc sobre que, o que a Globo fez foi denunciar o que a Record não fez. Me referi como "contra-ataque" da Record justamente pela "Pimentinha a mais" que a globo adicionou ao divulgar estas denúncias sobre a IURD.

    Mas, eu continuo achando que o maior beneficiário de toda esta briga ri assim, ó: "Ha haê, hi hi, má oê"!

    Valeu!

    ResponderExcluir
  6. Realmente essa guerra está chegando em pontos absurdos. Não se deve misturar religião com televisão.
    Vamos ver qual será o próximo capítulo!
    Também dei meus palpites lá no Mural do Antena www.muraldoantena.blogspot.com

    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Alvim, sou eu o Juniior, do twitter. @tjuniior

    Você esta sendo imparcial sim, nas suas opiniões. Mas, são opiniões :)

    Acho certissimo o que a Record esta fazendo. Para a Globo deixar de ser boba. Veja os pontos.


    1. Ao dar a notícia, enfatiza em todo tempo que a Record é a principal beneficiado disso tudo, fugindo a todo instante do assunto. Um absurdo.


    2. 10 minutos para falar isso? Band e SBT não gastaram nem 6 minutos juntas.

    3. A Record devia fazer uma semana inteira falando das falcatruas da Globo, já que todas as outras emissoras tem MEDO de falar a verdade.

    4. Porque a Globo usou vídeo de denúncias anteriores, e que já tinham sido arquivadas? Claro! para dar o ar ainda mais tendencioso.

    Chega, são tantos pontos que não dou conta.
    Até mais Alvim, sucesso com o blog, esta de parabéns ;)

    ResponderExcluir
  8. Olá Júnior!

    Fiquei feliz em vê-lo por aqui também, muito obrigado.

    Olha, não acredito em imparcialidade, pois, querendo ou não somos influenciados por todo nosso "pano cultural" em qualquer coisa que fazemos/falamos.

    Tenho minhas reclamações tanto contra a Record, quanto a Globo, mas sou a favor da discussão sempre em alto nível.

    Não gosto deste monopólio da Rede Globo, acho que quem mais sai perdendo com isto são os telespectadores e a sociedade como um todo. Tirando a parte "podre" da história da Globo (que é muito grande), este monopólio foi criado em base também de um "cuidado" maior com seu conteúdo, mostrando mais criatividade e maior planejamento.

    Sempre criticamos aqui no Pimentas alguns "tele-pastores", "tele-igrejas" e todos que usam da crença popular para seu enriquecimento, status ou qualquer outra coisa que fuja do caráter explícito da ação inicial.

    Não acredito na imparcialidade, mas creio que o melhor é tentarmos ser equilibrados, e é assim que levamos o blog "Pimentas no Reino", querendo mostrar nossas opiniões sobre fenômenos midiáticos e sociais em geral, dando nossa pequena e singela contribuição para uma sociedade melhor, que não aceite as coisas sem um mínimo poder de reflexão.

    Utopia?

    Pode ser, mas antes assim do que acomodar-se.

    Um grande abraço, obrigado pelos elogios e críticas e volte sempre!

    ResponderExcluir
  9. Willlink the archer15 de set de 2009 04:03:00

    2 lixos televisionados que alienam seres humanos como o brasileiro (se é que pode conciderar o brasileiro um ser humano) ¬¬' por mim que eles se matem num assisto TV mesmo!

    ResponderExcluir

Apimente você também

Artigos recentes